Contramarco sustentável

Sobre o Invento

Contramarco para prédios em construção: modelo universal, com ou sem moldura, feito em polipropileno, o que permite o encaixe direto na alvenaria, proporcionando maior rapidez e facilidade de instalação. Possui rebaixo nas partes externa e laterais para o encaixe de placas fotovoltaicas para captação de energia solar e posterior conversão em eletricidade.

Inventor: Luciano de França Costa Silva

Categoria: Acessórios

Benefícios: O invento visa acelerar o processo construtivo e a instalação das janelas; evitar problemas oriundos da má instalação do contramarco; dispensar as pingadeiras, bem como a necessidade da peça ser chumbada na alvenaria, o que previne infiltrações.

Release

Construção civil evolui com o “Contramarco Sustentável”

O produto agiliza a obra, evita infiltrações e permite a captação de energia solar Quem constrói, proprietário e equipe incluídos, não vê a hora de o imóvel estar pronto para uso. O empresário Luciano de França Costa Silva, afiliado à Associação Nacional dos Inventores (ANI), atuou durante anos na construção civil e, a partir da sua experiência, criou o “Contramarco Sustentável”. “Sempre observei que havia uma preocupação ou problema com as janelas, contramarco e pingadeiras. Foi aí que surgiu a ideia”, conta o inventor. Luciano elaborou seu produto em duas versões:

  • Contramarco para prédios em construção: modelo universal, com ou sem moldura, feito em polipropileno, o que permite o encaixe direto na alvenaria, proporcionando maior rapidez e facilidade de instalação. Possui rebaixo nas partes externa e laterais para o encaixe de placas fotovoltaicas para captação de energia solar e posterior conversão em eletricidade;
  • Molduras para estabelecimentos prontos: confeccionadas em polipropileno, podem ser instaladas na fachada do prédio e permitem o encaixe das placas fotovoltaicas.

O invento visa acelerar o processo construtivo e a instalação das janelas; evitar problemas oriundos da má instalação do contramarco; dispensar as pingadeiras, bem como a necessidade da peça ser chumbada na alvenaria, o que previne infiltrações.

Fábricas de plástico, fábricas de placas fotovoltaicas e construtoras são o público-alvo inicial do produto. O “Contramarco Sustentável” já foi registrado por Luciano junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Hoje, ele busca investidores para produzir e comercializar o seu produto, seja por meio da venda ou licenciamento da patente, ou ainda via formação de sociedade.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado. Site: www.inventores.com.br

Apresentação

Investir no Projeto

ATENÇÃO: NÃO ESTAMOS VENDENDO UNIDADES DAS IDÉIAS AQUI DEMONSTRADAS, ESTAMOS SIM, PROCURANDO FABRICANTES – PARCEIROS, PARA PRODUZI-LAS E COMERCIALIZAR JUNTO AO MEIO EMPRESARIAL