Escova dental preventiva

Sobre o Invento

O uso excessivo da força é uma das causas mais comuns para a retração gengival. Quando ocorre, ela expõe a raiz do dente, aumentando a sensibilidade no local e elevando o risco para ocorrência de cáries e doenças periodontais (gengivite e periodontite), que podem levar até a perda do dente. Para esses casos, os dentistas recomendam o uso de escovas extra-macias, além de atenção redobrada para que o paciente não volte a “pesar a mão”.

Inventor: Vitor Fernando Ramos da Costa Couto

Categoria: Higiene Pessoal

Benefícios: O inventor explica como a inovação construtiva dele ajuda a prevenir o problema: “A minha escova é confeccionada com os mesmos materiais das demais escovas, porém, possui a formatação da empunhadura especial. A forma de segurar é a mesma que adotamos para pegar uma caneta e assim o usuário não consegue empregar força na direção da boca, reduzindo a pressão exercida sobre os dentes e gengivas”, explica ele.

Release

“Escovação que evita retração gengival” é criada por engenheiro

Produto possui design inovador que impede o uso de força excessiva durante a escovação A desatenção, o desconhecimento e o estresse do dia a dia fazem com que alguns pacientes apliquem força excessiva na escovação, o que longe de deixar os dentes mais limpos pode levar à retração da gengiva.

Em português, isso significa um maior risco para a sensibilidade dental, cáries e doenças periodontais. O engenheiro aposentado Vitor Fernando Ramos Costa Couto, afiliado à Associação Nacional dos Inventores (ANI), criou a “escova que evita a retração gengival“, que atua diretamente na prevenção do problema.

A inspiração para a escova surgiu enquanto Victor conversava com seu dentista: “Ele me falou sobre a dificuldade da criação de algo que contribuísse para evitar a retratação das gengivas por má escovação dos dentes”. O uso excessivo da força é uma das causas mais comuns para a retração gengival.

Quando ocorre, ela expõe a raiz do dente, aumentando a sensibilidade no local e elevando o risco para ocorrência de cáries e doenças periodontais (gengivite e periodontite), que podem levar até a perda do dente. Para esses casos, os dentistas recomendam o uso de escovas extra-macias, além de atenção redobrada para que o paciente não volte a “pesar a mão”.

O inventor explica como a inovação construtiva dele ajuda a prevenir o problema: “A minha escova é confeccionada com os mesmos materiais das demais escovas, porém, possui a formatação da empunhadura especial. A forma de segurar é a mesma que adotamos para pegar uma caneta e assim o usuário não consegue empregar força na direção da boca, reduzindo a pressão exercida sobre os dentes e gengivas”, explica ele.

Victor já registrou a “escova que evita a retração gengival” junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e atualmente busca investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado. Site: www.inventores.com.br

Apresentação

Investir no Projeto

ATENÇÃO: NÃO ESTAMOS VENDENDO UNIDADES DAS IDÉIAS AQUI DEMONSTRADAS, ESTAMOS SIM, PROCURANDO FABRICANTES – PARCEIROS, PARA PRODUZI-LAS E COMERCIALIZAR JUNTO AO MEIO EMPRESARIAL

Deixe seu comentário