Lixeira Ecológica

Sobre o Invento

O projeto se trata de uma lixeira inteligente que tem a finalidade de triturar e armazenar qualquer material reciclável diminuindo então o volume do lixo produzido diariamente e como consequência reduzindo a quantidade de sacolas necessárias para o descarte do lixo.

Inventora: Monica Gumesson Candido

Categoria: Sustentabilidade

Benefícios: A lixeira é parecida com uma lixeira comum doméstica podendo ser do tamanho pequeno, médio ou grande para se adaptar em qualquer tamanho de cozinha, elétrica e fácil de manusear em modelos de plástico ou alumínio.

Público-Alvo: Parceria – O inventor já possui proteção legal do projeto além de estudos de seu funcionamento, sendo que agora procura por empresas e parceiros que queiram investir na ideia e disponibilizá-la em escala no mercado. Para mais informações, representações ou distribuições, entre em contato pelo próprio site ou com seus procuradores – Associação Nacional dos Inventores, através do telefone (11) 3670-3411 ou e-mail [email protected]

Release

Lixeira Ecológica “Grind Manchine” vem para reduzir o volume do lixo reciclável

Medida permitirá diminuir o uso de sacos plásticos e facilitar a reciclagem O prefeito Fernando Haddad (PT-SP) não poderia imaginar que, ao sancionar a proibição da venda de sacolinhas nos supermercados (Lei 15.374/11), iria inspirar a dona de casa Mônica Gumesson, hoje filiada à Associação Nacional dos Inventores (ANI), a criar a “Grind Machine”.

O produto é uma lixeira ecológica inteligente que compacta papel e plástico. “Depois que proibiram a distribuição de sacolinhas no mercado, eu me deparei com um monte de lixo na cozinha porque eu me esquecia de comprar mais sacos de lixo. Comecei a procurar na internet um triturador, como já existe para lixo orgânico, e não encontrei nada”, conta Mônica. Mônica queria compactar o lixo para consumir menos sacos plásticos. A ideia também tinha o mérito de já deixar o material separado adequadamente para a reciclagem.

Diante da inexistência de um produto com esse perfil, a dona de casa desenvolveu ela mesma a “Grind Machine”. “É importante falar que as embalagens e potes serão triturados, diminuindo a possibilidade de surgir novos criadouros do mosquito Aedes aegypti nos depósitos e aterros. E haverá uma entrada separada para papel também”, destaca a inventora.

O produto está previsto para ser desenvolvido em três tamanhos, de modo que possa ser acomodado de forma cômoda nas cozinhas. Além do mercado residencial, Mônica acredita que o seu produto poderá ser adotado também por bares, lanchonetes e restaurantes devido ao grande uso de papel, copos, pratos e talheres descartáveis. “Eles poderão diminuir o espaço reservado às lixeiras e será mais fácil para o pessoal da reciclagem reaproveitar o material depois”, observa Mônica. A “Grind Machine” já possui a patente registrada e a inventora agora busca parceiros para sua produção, seja por meio da venda ou licenciamento da patente, bem como via formação de sociedade.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado. Site: www.inventores.com.br

Apresentação

Galeria de Fotos

Investir no Projeto

ATENÇÃO: NÃO ESTAMOS VENDENDO UNIDADES DAS IDÉIAS AQUI DEMONSTRADAS, ESTAMOS SIM, PROCURANDO FABRICANTES – PARCEIROS, PARA PRODUZI-LAS E COMERCIALIZAR JUNTO AO MEIO EMPRESARIAL

Deixe seu comentário