Usina Eólica de geração de energia vertical

Sobre o Invento

Oferecer uma solução sustentável para o abastecimento energético em constante crescimento no país.

Inventor: Apollinário Teixeira Neto

Categoria: Construção Civil

Benefícios: Para Apollinário, o seu invento permitirá a geração de energia próximo aos centros de consumo, evitando a construção de redes de transmissão de longas distâncias. “Minha proposta tem um custo inferior ao praticado hoje no mercado e não causa nenhum dano ambiental.

Release

Usina Eólica de Geração de Energia Vertical se destaca como solução sustentável

A usina pode ser instalada próximo a grandes centros urbanos e não gera poluição ambiental

Oferecer uma solução sustentável para o abastecimento energético em constante crescimento no país é a proposta da ” Usina Eólica de Geração de Energia Vertical“, desenvolvida Apollinário Teixeira Neto, afiliado   à Associação Nacional dos Inventores (ANI).

A “usina eólica de geração de energia vertical” pode ser construída como uma estrutura ou torre circular, na qual serão instalados rotores com pás fixas verticais côncavas, fixos a um eixo central por meio de mancais e a um multiplicador de rotação, anexo ao gerador. Em cada estrutura poderão ser instaladas várias unidades de geração energética, sendo uma para cada módulo/ andar; outra possibilidade é que haja apenas uma unidade geradora de grande potencial, que usará mais de um rotor para aumentar a capacidade de torque do eixo.

“A usina tanto pode ser movida por ventos naturais quanto artificiais, por meio de turbinas a gás natural de biomassa ou turbinas elétricas instaladas em túneis de vento, em consórcio com ventos naturais. Dessa forma, as turbinas seriam ativadas conforme a pressão dos ventos, tornando a geração eficiente, estável e econômica”, descreve o inventor.

Para Apollinário, o seu invento permitirá a geração de energia próximo aos centros de consumo, evitando a construção de redes de transmissão de longas distâncias. “Minha proposta tem um custo inferior ao praticado hoje no mercado e não causa nenhum dano ambiental.  A usina pode ser construída nas orlas marítimas, junto às edificações, de modo a aproveitar os ventos e oferecer uma proteção a elas ao dissipar os vendavais. Podemos gerar tanta energia quanto as hidrelétricas, preservando a água doce para o consumo humano, dos animais e para prática da agricultura”, analisa ele.

Apollinário já registrou seu invento junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e atualmente busca por investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado.
Site: www.inventores.com.br

Apresentação

Galeria de Fotos

Investir no Projeto

ATENÇÃO: NÃO ESTAMOS VENDENDO UNIDADES DAS IDÉIAS AQUI DEMONSTRADAS, ESTAMOS SIM, PROCURANDO FABRICANTES – PARCEIROS, PARA PRODUZI-LAS E COMERCIALIZAR JUNTO AO MEIO EMPRESARIAL

Deixe seu comentário