DiskWalk

Sobre o Invento

O”DiskWalk” consiste em um equipamento de 2,5m a 3m de diâmetro para prática de caminhada e corrida. No interior do disco há um sistema de frenagem, controlado por um software, e um dinamômetro que mede a tensão da força empregada pelo usuário durante o exercício e ajustar a velocidade. O produto não conta com motor interno, sendo o movimento imprimido pela atividade dousuário. “O realismo do exercício está apoiado em quatro pilares: pelos pesos afixado à tampa do disco; pelo sistema de frenagem, que garantirá que a pessoa esteja exercendo força; pelo dinamômetro, que avalia o torque de tração, e pelo software que irá coordenar”, explica o inventor.

Inventor: Marcelo Alves

Categoria: Esportes

Benefícios: Segundo Marcelo, com o “DiskWalk” o resultado do exercício físico é mais realista: “O esforço é mais acentuado, semelhante ao que acontece na rua: você vai usar o mesmo grupo de músculos ativados na esteira e também outro grupo muscular que permitirá à pessoa tracionar o disco, ou seja, oferecemos um exercício mais completo. Será possível aumentar os níveis de dificuldade, podendo simular terrenos com inclinação”. Outra vantagem do aparelho é que por não contar com um motor de tração, haverá menor consumo de energia elétrica.

Público-Alvo: O “DiskWalk” já está registrado por Marcelo junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Hoje, ele busca investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento.

Diferenciais: É importante destacar que o “DiskWalk” permite que o exercício seja realizado em dupla e que o usuário receberá um relatório do seu desempenho durante a sessão, podendo compartilhá-lo em suas redes sociais.

Release

“DiskWalk” propõe experiência mais realista na caminhada e na corrida

Produto tem formato circular e permite que a atividade física seja realizada individualmente ou em dupla A monotonia do exercício na esteira fazia com que Marcelo Alves, Associação Nacional dos Inventores (ANI), tivesse a sensação de ser “um hamster correndo na roda”. Insatisfeito com o que classifica como “falta de realismo” da atividade física no aparelho, Marcelo desenvolvesse o “DiskWalk”, um aparelho circular que é tracionado pelo esforço físico realizado pelo usuário.

O”DiskWalk” consiste em um equipamento de 2,5m a 3m de diâmetro para prática de caminhada e corrida. No interior do disco há um sistema de frenagem, controlado por um software, e um dinamômetro que mede a tensão da força empregada pelo usuário durante o exercício e ajustar a velocidade. O produto não conta com motor interno, sendo o movimento imprimido pela atividade dousuário.

“O realismo do exercício está apoiado em quatro pilares: pelos pesos afixado à tampa do disco; pelo sistema de frenagem, que garantirá que a pessoa esteja exercendo força; pelo dinamômetro, que avalia o torque de tração, e pelo software que irá coordenar”, explica o inventor.

Segundo Marcelo, com o “DiskWalk” o resultado do exercício físico é mais realista: “O esforço é mais acentuado, semelhante ao que acontece na rua: você vai usar o mesmo grupo de músculos ativados na esteira e também outro grupo muscular que permitirá à pessoa tracionar o disco, ou seja, oferecemos um exercício mais completo. Será possível aumentar os níveis de dificuldade, podendo simular terrenos com inclinação”.

Outra vantagem do aparelho é que por não contar com um motor de tração, haverá menor consumo de energia elétrica. É importante destacar que o “DiskWalk” permite que o exercício seja realizado em dupla e que o usuário receberá um relatório do seu desempenho durante a sessão, podendo compartilhá-lo em suas redes sociais. O“DiskWalk” já está registrado por Marcelo junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).

Hoje, ele busca investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio de formação de sociedade ou do licenciamento da patente.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado. Site: www.inventores.com.br

Apresentação

Investir no Projeto

ATENÇÃO: NÃO ESTAMOS VENDENDO UNIDADES DAS IDÉIAS AQUI DEMONSTRADAS, ESTAMOS SIM, PROCURANDO FABRICANTES – PARCEIROS, PARA PRODUZI-LAS E COMERCIALIZAR JUNTO AO MEIO EMPRESARIAL

Deixe seu comentário